Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

3 dicas simples para limpar a energia da sua casa para o fim do ano

Todo fim de ano arrumamos nossas casas para as festas. Recebemos várias pessoas, algumas próximas, outras nem tanto. Também temos alguns dias a mais para ficar em casa e colocar em dia aquela arrumação que vamos adiando durante o ano por falta de tempo. Por isso separei 3 maneiras simples para você limpar a energia da sua casa e atrair a positividade para o ano que se inicia.

1 - Para mandar embora a negatividade. Você vai precisar de  1 punhado de arruda Óleo essencial de Alecrim Água 30 ml de álcool de cereais 1 borrifador simples Mecere um punhado de arruda, coe o suco que sair da planta e reserve. Em uma embalagem spray de 100 ml adicione: 70 ml de água, 30 ml de álcool de cereais, 50 gotas do óleo essencial de Alecrim e o suco macerado da arruda. Agite bem antes de usar. Borrife por todos os ambientes da casa sempre que estiver sentindo a energia pesada.

2 - Para proteger contra inveja e energias nocivas que possam entrar na sua casa junto com um convidado.
Nem sempre quem entra na nossa ca…

A ansiedade disfarçada e os males causados por ela

Associamos facilmente a ansiedade a pessoas apressadas, aceleradas e que querem resolver tudo ao mesmo tempo. Sintomas normais como excesso de preocupações, palpitações, suor além do normal e pontadas no estômago, são clássicos.
Nem sempre a ansiedade se manifesta com os sintomas clássicos, muitas vezes a mente está quieta e até em paz (aparentemente), mas o corpo cria um mecanismo de alerta para o perigo que pode chegar a qualquer momento, sem nenhum motivo aparente, inclusive em dias tranquilos e horas de lazer.
São nas horas tranquilas que podem acontecer os ataques mais agressivos, como falta de ar e palpitações, que ao chegar ao hospital são confundidos com sintomas de infarto.
Formigamentos no braço ou pernas e terror noturno também podem se manifestar, causando distúrbios do sono e fadiga.
Muitas vezes em dias de folga e repouso, mesmo estando deitado na cama, a cabeça está tão cheia de preocupações, suposições e medos que após um dia deitado a exaustão parece só estar pior.
Pensar demais e sentir demais causa tensão muscular e muito cansaço físico.
Muitas vezes uma pessoa que só quer dormir ou fica deitada na maior parte do tempo, pode estar com a mente tão agitada que mal pode dar conta de ficar em pé e realizar as tarefas simples que precisa, ou até mesmo trabalhar.
Mesmo assim muitos se levantam e saem de casa todos os dias, vivem do jeito que conseguem, bebem, fumam, ou ficam em uma vida de excessos como uma forma de fugir dos próprios medos e inseguranças
Mas o que desencadeia a ansiedade generalizada?
Na maioria dos casos, traumas causados por grandes perdas como luto, acidentes graves, uma violência sofrida, término não amigável de um relacionamento, situações muito estressantes no ambiente de trabalho e principalmente a sensação constante de impotência diante da situação.
Na maioria das vezes em nossas vidas, não há pra onde correr. Nem sempre podemos contar com familiares, amigos ou simplesmente pedir demissão daquele emprego que nos suga e entristece, por isso é importante procurar ajuda profissional  nessas horas.
A ansiedade agravada pode levar a complicações de saúde mais sérias e atrapalhar a percepção da realidade.
A vida se torna sem graça e dolorosa, a vítima da ansiedade passa a colocar um sorriso discreto no rosto para poder sair de casa e acaba perdendo o interesse nas outras pessoas. Seja amigos familiares ou relacionamentos amorosos. Mantém relacionamentos por conveniência e escondem seus nervos em frangalhos de todos a sua volta.
Vivemos em uma sociedade sem tempo, vivemos em uma sociedade que nos cobra felicidade, viagens e vida perfeita nas redes sociais, mas a verdade é que muitos se cercam de baladas, álcool e diversões exageradas para não ouvir suas próprias mentes conturbadas por pensamentos excessivos.
Fala-se muito em estilo de vida saudável, fazer exercícios, cuidar da alimentação, tudo isso é muito bom, mas pessoas ansiosas, tristes ou com ataques de pânico causados pela ansiedade, dificilmente conseguem se disciplinar sozinhas. É necessário ajuda, compreensão e incentivo, pois tratar transtornos como frescuras só agravam o caso.
Como a maioria das pessoas estão envolvidas com suas próprias preocupações e sua própria ansiedade, apoio e compreensão são algo cada vez mais difíceis de conseguir de familiares e pessoas próximas.
Procure ajuda profissional, se recomponha, discipline sua mente e volte a sentir vontade de viver e dê um sentido real para sua vida.


Se precisa conversar, desabafar, com alguém que te ouça de verdade e respeite seus medos, entre em contato pelo e-mail terapiaebanhos@gmail.com

Atendimento via Skype

Que Deus te abençoe sempre!
Luciana Lara

Comentários

Postagens mais visitadas